• Sem categoria

    Como faço uma criança comer?

    Para responder a pergunta “como faço uma criança comer?” primeiro devemos entender algumas coisas. Quem come? Eu como, o sujeito come.  Comer é individual, é um processo fisiológico , inerente ao sujeito. Eu como e ninguém consegue comer por mim. E alimentar? Alimentar é um papel social que compete ao cuidador desta criança.  Quando fazemos essa divisão de papéis fica mais claro entender o momento em que temos  que interferir e o momento em que deveríamos ser um espectador e deixar o protagonismo com a criança. Quando eu penso no comer, eu penso se vou comer alguma coisa. Eu olho, eu sinto vontade, eu sinto desejo ou … tenho fome. …

  • alimentação infantil,  Crianças pequenas

    Quantas vezes devo oferecer o mesmo alimento para a criança?

    O que os estudos dizem Qualquer pessoa que trabalhe na área de alimentação está familiarizada com as pesquisas que citam o número de exposições necessárias para que uma criança aceite um novo alimento. Na verdade, os estudos variam: alguns dizem de 8 a 15 vezes, outros, 10, por exemplo. Já outras evidências sugerem que o número de exposições necessárias muda com a idade da criança. Porém, é preciso ter muito cuidado ao aplicar evidências de pesquisas em experimentos na população em geral, principalmente com crianças com dificuldades alimentares. Nós simplesmente não sabemos se questões como temperamento, ansiedade ou algum desafio sensorial impactam na quantidade de exposições necessárias à alimentos previamente…

  • Meu filho não come,  Tá na hora do papá

    Como ajudar a criança a aceitar novos alimentos?

    Texto traduzido e adaptado de Health US News, escrito pela Nutricionista Tamara Duker Freuman, texto original aqui. Pais de crianças pequenas geralmente se preocupam com os hábitos alimentares dos seus filhos.  Frequentemente, pais exasperados que – convencidos de que eles tentaram tudo – chegam à conclusão de que seu filho é constitucionalmente um “comedor exigente” e que é incapaz de expandir seus horizontes. As queixas se relacionam geralmente com a dieta excessivamente limitada aos ultraprocessados, a rejeição a qualquer coisa verde, a recusa de tentar qualquer coisa nova ou as explosivas batalhas durante as refeições. Fatores que tornam a hora de comer estressante para todos. Foi assim que duas especialistas no campo…