Dificuldades Alimentares

A recusa é só a ponta do ICEBERG!

A criança anda recusando a comida e você faz de tudo para que ela aceite?

O fato da criança recusar a comida é só a ponta de um imenso iceberg. Por trás desse comportamento estão questões bem mais profundas, que precisam ser acessadas para compreendermos as verdadeiras causas de uma dificuldade alimentar.

Agir sobre a ponta do iceberg, forçando a criança a comer, ou mesmo deixando-a com fome, só irá trazer mais desafios de comportamento, porque lá no fundo desse oceano azul está o maior objetivo dessas crianças na hora da refeição.

E esse objetivo não é recusar a comida.

Essas crianças estão apenas incessantemente buscando por conforto e segurança na hora da refeição. E, se não encontram esse ponto de equilíbrio, irão se recusar a comer.

Entre as causas mais frequentes das dificuldades alimentares, estão:

  • Dor e/ou desconforto;
  • Questões sensoriais;
  • Dificuldades motoras;
  • Trauma ou medo;
  • Temperamento;
  • Rotina alimentar.

Vale ressaltar que as pesquisas mostram que as dificuldades alimentares são “complexas e multifatoriais” – ou seja, para cada criança as causas subjacentes podem ser diferentes e complementares.

Conheça a abordagem da Disciplina Positiva diante dos desafios na alimentação! Acesse meu Curso Online clicando na imagem abaixo:

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *